Ureterolitotripsia

Em cálculos impactados no ureter, habitualmente realiza-se o procedimento chamado de ureterolitotripsia. Um instrumento chamado ureteroscópio semi-r[igido (dotado de uma microcâmera) é introduzido na uretra e então no ureter em que a pedra está impactada. Com uma fibra laser fragmenta-se a pedra, retirando-se os pequenos fragmentos do canal.

Quando esses cálculos estão impactados na parte mais alta do ureter, ou então dentro dos rins, podemos utilizar um outro instrumento que é o ureteroscópio flexível para fragmentá-los também com auxílio do laser.