Estudo Urodinâmico

O estudo urodinâmico (também chamado de urodinâmica) é um exame muito importante que traz várias informações do padrão miccional dos pacientes. Ou seja, ele avalia se a bexiga está funcionando de maneira adequada a medida em que enche e no momento do seu esvaziamento em que o paciente urina.

Poderá ser indicado na investigação de quadros como a incontinência urinária que acomete muitas mulheres, sintomas relacionados à dificuldade em urinar nos homens (causados pelo aumento da próstata por exemplo) e nos pacientes com alterações urinárias relacionadas a algum quadro neurológico (bexiga neurogênica).

O exame é realizado em caráter ambulatorial (sem necessidade de internação), onde insere-se um fino cateter pela uretra (canal onde sai a urina) até a bexiga e outro no reto, sob anestesia local. Esses cateteres ficam conectados a um computador e transmitem informações sobre as pressões no interior da bexiga, do abdome e do músculo da bexiga. Durante o exame, enquanto a bexiga é enchida com soro fisiológico, o urologista irá realizar algumas perguntas a respeito do que o paciente está sentindo e pode solicitar que faça algumas manobras de esforço (como tossir, fazer força com o abdome, por exemplo).

Dessa maneira o urologista consegue avaliar as informações obtidas, planejar e determinar o melhor tratamento para seus pacientes.